Para definir o que significa a responsabilidade social corporativa e dar exemplos, é necessário conceber a empresa não só como um agente económico destinado a obter lucros, mas também como uma organização que deixa uma marca na sociedade. Este impacto pode ser mais ou menos positivo, em função do compromisso que adquita a empresa para ajudar a melhorar a sua envolvente na qual actua.  

É nisto que se basei o conceito de responsabilidade social corporativa (RSC). É algo que vai mais além das normas ou leis obrigatórias. É um compromisso próprio, um valor, uma cultura, uma filosofia. Alguns elementos que definem a responsabilidade social corporativa e exemplos de como se configura podem ser:

  • Actuar sempre de forma ética e aplicar boas práticas
  • Modelos de gestão eficientes e ecológicos
  • Um compromisso com os trabalhadores e o seu desenvolvimento pessoal e profissional
  • Total transparência nas relações comerciais. É por isso, uma contribuição activa e voluntária que tem como fim colaborar ao bem-estar da sociedade. Uma responsabilidade social corporativa firme implica uma estratégia global, que deve centrar-se em todos os âmbitos, a nivel interno e externo, sobre os quais a empresa tem capacidade de actuação.


Responsabilidade Social Corporativa e exemplos

Segundo um estudo da KPMG, em 2015, Portugal estava em terceiro lugar na utilização do Global Reporting Innitiative (GRI), o modelo mais exigente no campo da responsabilidade social. Alguns exemplos de empresas com forte Responsabilidade Social Corporativa em Portugal são:

  • REN (Redes Energéticas Nacionais) – A REN foi distinguida como a melhor empresa portuguesa a nível de cidadania corporativa pelo The New Economy. A empresa foi destacada pela cooperação, confiança nas comunidades locais, boas condições de trabalho, consulta pública eficaz, transparência e boa governação. Mas não só, a empresa revela um elevado nivel de inovação no que toca às práticas socialmente responsáveis e aos programas de desenvolvimento local.
  • Delta Cafés

É das poucas empresas portuguesas que saiu com índice de excelência da avaliuação feita pelo RepTrak Pulse, estudo anual do Reputation Institute. A marca preocupa-se, entre vários níveis de acção, em desenvolver-se junto das comunidades onde tem impacto, com o investimento em infra-estruturas, voluntariado empresarial, patrocínios e apoios diversos.

Em Espanha, país vizinho, podemos citar a duas grandes empresas que levam a cabo regularmente acções de responsabilidade social corporativa e exemplos de conduta empresarial atenta ao ambiente ao seu redor.

  • Inditex

É uma das grandes industriais mundiais. Desde 2001 tem um departamento próprio de RSC destinado a avaliar as mudanças que derivam do seu crescimento e expansão, tanto dentro como fora de Espanha. Os seus principios básicos assentam na boa fé face aos seus clientes e à sociedade no geral, no diálogo contínuo com os grupos de interesse e na transparência informativa sobre a sua estratégia de sustentabilidade. O seu comprimisso baseia-se na acção social e na preservação dos recursos naturais.

  • Mercadona

Esta extensa rede de supermercados aposta por uma cadeia agroalimentar sustentável. As suas práticas mais destacadas são: descarga silenciosa nas cidades para não causar transtornos, poupança energética nas suas instalações atravé do seu projeto Loja Ecoeficiente, reutilização de resíduos e produtos de limpeza e um programa periódico de doações (Banco de Alimentos, Cruz Vermelha, Cáritas ou cantinas sociais). É, por isso, uma estratégia social e ambiental.

Sem ir a grandes empresas, algumas pequenas e medias empresas, a nível europeu, realizam um grande trabalho de RSC. Estes são alguns exemplos:

  • Dorf-Installateur na Austria

Esta companhia realiza uma estratégia global e integral de RSC. A sua actividade centra-se na instalação de equipamentos de saúde e sistemas de aquecimento, investigando e desenvolvendo sempre sistemas que respeitem o meio ambiente, mediante o uso de energias renováveis e alternativas. Com os seus trabalhadores, aposta por um sistema de motivação e de formação contínua, organizando jornadas de portas abertas para aprendizes interessados no sector. Fomenta o trabalho colaborativo e o desenvolvimento das capacidades artesanais dos seus empregados. Na sua envolvente, impulsa projetos de formação para crianças com incapacidade.

  • Gulpener Bier na Holanda

Esta cervejaria é um bom exemplo de produção sustentável. Todos os ingrediente que empregam para elaborar a sua cerveja são cultivados com procedimentos ecológicos na região onde se encontram e todo o processo de produção se alimenta com energia solar. Os agricultores seus fornecedores constituem uma cooperativa e não estão autorizados a usar pesticidas. Como recompensa, recebem pelos seus produtos um preço 10% acima do preço de mercado. Esta empresa procura reduzir a contaminação em todas as fases do processo de produção. Todas as suas garrafas são recicláveis e reduzem ao mínimo as embalagens que utilizam.

Cada vez há mais empresas involucradas nestas práticas. Inclusivamente as mais pequenas podem exercer uma acção responsável no seu meio envolvente. A nível interno, podem produzir benefícios no longo prazo, ao promover processos mais eficientes e ecologicos (como os veículos elétricos) e podem contar, para alem disso, com uma maior fidelidade e integração dos seus empregados. A nível externo, melhora a imagem da companhia e as suas relações comerciais, abarcando mais oportunidades de negócio.

 

Pin It on Pinterest

Share This