Existem muitos tipos de gasolina, mas qual é a gasolina mais adequada ao nosso carro, carrinha ou mota? A que pontos devemos dar especial atenção quando vamos abastecer? Só ao preço? Hoje no blog de poupança economica e produtividade para empresas vamos apredner algumas das chaves mais importantes sobre gasolina que, quiçás, nos ajudem a otimizar esse desembolsar económico semanal que poderiamos poupar ao alugar uma mota elétrica a curto ou longo prazo.

Mobilidade sustentável ou redução de custos? Porquê escolher se podem ir de mãos dadas? No nosso guia gratuito estão todos os segredos

Tipos de gasolina: o carburante

O primeiro que devemos ter claro quando falamos de gasolina é que se trata de um carburante, ou seja, uma mistura de hidrocarbonetos que se extraem do petróleo e que servem para fazer funcionar um motos. A definição é tão simples como parece, mas é a chave para entender a seguinte questão fundamental sobre os diferentes tipos de gasolina: a octanagem.

Tipos de gasolina: o octano e a octanagem

Gasolina 90, gasolina 95, gasolina 98… Quando falamos da octanagem de um combustível referimo-nos ao número de octanas presente nessa mistura de hidrocarbonetos. Mas o que é uma octana? E a octanagem?

  • Uma octana éum tipo de hidrocarboneto que contém 8 átomos de carbono. tipo de hidrocarburo que contiene 8 átomos de carbono.
  • A octamagem é uma escala que serve para medir a capacidade de explosão que tem um combustível ou um carborante determinado, neste caso a gasolina.
  • Explicado de uma forma simples e nada técnica, podíamos dizer que a capacidade antidetonante de uma gasolina determina a potência sob a qual o combustível vai ter o efeito de explosão para pôr o motor do carro ou da mota em funcionamento. Quanto maior for a octanagem da gasolina mais suave será o início da ignição e, além disso, menos desgaste vai sofrer o motor do veículo.

 

Tipos de gasolina: as gasolinas com chumbo

Se tem mais de 40 anos, provavelmente recorda-se que até aos anos 80 os carros e as motas abasteciam-se com gasolina de 85 octanas. Gradualmente, foi sendo inserida a gasolina 91 nas estações de serviço daquela época, muito mais conhecida por um nome que lhe, com certeza, lhe é familiar: a gasolina súper.

Os tipos de gasolina daquela altura continham chumbo, um metal que não desapareceria dos postos de abastecimento até ao ano de 1989 do século passado. Aqui e em toda a europa, a década de 90 marcou um antes e um depois quanto à investigação e desenvolvimento dos tipos de gasolina que agora encontramos no mercado: a gasolina sem chumbo de 95 octanas, de 98, etc.

Qual desses tipos de gasolina move a maioria dos veículos que rodam atualmente pelas estradas do nosso país? A conhecida gasolina 95.

Tipos de gasolina: a gasolina 95

Encher o depósito com gasolina de 95 octanas é o gesto mais comum entre os condutores e motociclistas europeus. A gasolina 95 é menos densa que os outros tipos de gasolina, o que faz com seja mais leve mas, além disso, tem outra série de vantagens bastante interessantes para a carteira do consumidor final:

  • É menos agressiva para as partes vitais do motor dos veículos, pelo que alarga o tempo de vida do carro ou da mota
  • É um combustível que passa por um complexo processo de refinação, o que evita que entrem impurezas no motor.
  • Contém menos enxofre que outros tipos de gasolina, o que minimiza os danos causados ao meio ambiente os transportes que utilizam gasolina para circular. Neste ponto, é de referir que, segundo os fabricantes de veículos, a gasolina de 98 octanas tem ainda menos enxofre que a gasolina 95, o que a converte num dos tipos de gasolina mais recomendáveis desde o ponto de vista da mobilidade sustentável.

 

Quer poupar asério em gasolina? Experimente durante uma semana as motas elétricas da Cooltra totalmente grátis clicando aqui.


Pin It on Pinterest

Share This